Revisão da Categoria : Cultura

         Decisão do STF não proíbe vaquejada em todo território nacional, diz Teori

 
 Postado por Revista Baiana de Notícias  \\  Portal de N. da RBN FM 93, 5 \\ Por Rafael Moraes Moura | Estadão Conteúdo

 

Decisão do STF não proíbe vaquejada em todo território nacional, diz TeoriFoto: Reprodução
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou um pedido apresentado pela Associação Brasileira dos Defensores dos Direitos e Bem Estar dos Animais e a Federação das Associações, Organizações Não Governamentais, Sociedades Protetoras dos Animais e Sindicatos de Profissionais da Proteção Animal do Piauí para impedir a realização de uma vaquejada durante a 66ª Exposição Agropecuária, em Teresina. A federação e associação recorreram ao STF para contestar decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública de Teresina (PI), que manteve a vaquejada entre as atividades previstas no evento, que se encerra na cidade neste domingo, 11. As entidades alegaram que aquela decisão violou o entendimento firmado pelo plenário do STF em outubro, quando a Corte decidiu, por 6 a 5, que uma lei estadual do Ceará que regulamenta a prática da vaquejada é inconstitucional. Na avaliação de Teori Zavascki, no entanto, o resultado do julgamento do STF não foi a proibição da vaquejada em todo o País. “No julgado indicado como paradigma, o que esta Corte efetivamente assentou foi a inconstitucionalidade da lei cearense que regulamentava a vaquejada, não sendo cabível, até o presente momento, extrair conclusão no sentido da proibição de sua prática em todo o território nacional”, justificou Teori em sua decisão, proferida na última quarta-feira (7). Muito popular na região Nordeste, a vaquejada é uma atividade recreativa em que dois vaqueiros, montados em cavalos distintos, buscam derrubar um boi, puxando-o pelo rabo. Em outubro, Teori defendeu a constitucionalidade da lei cearense, mas acabou derrotado. O resultado do julgamento provocou uma reação contundente de organizadores das vaquejadas, que protestaram em Brasília contra a decisão do STF. Vaqueiros e criadores de gado fizeram uma cavalgada na Esplanada dos Ministérios, contra a proibição. Os manifestantes que participaram do protesto estimam que 700 mil pessoas trabalham direta e indiretamente com o que chamam de “esporte”. Em novembro, o presidente Michel Temer sancionou uma lei que eleva a vaquejada à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

Leia Mais →

Paulo Afonso é cenário de programa da TV Aratu/SBT no próximo sábado (12)

Por W L da Revista Baiana de Notícias///Portal de Notícias da RBN

Neste sábado, 12 de Novembro, às 13h25, o programa “Dendê na Mochila” da TV Aratu/SBT vai exibir uma matéria inédita sobre a cidade de Paulo Afonso.

Apresentado por Matheus Boa Sorte, o programa vai destacar pontos turísticos da cidade como a casa onde nasceu Maria Bonita, o complexo hidroelétrico, o Raso da Catarina, as belezas naturais e potencialidades turísticas, além de tornar conhecidas histórias populares, poesias, movimentos culturais e a culinária típica da região Norte da Bahia. A equipe da TV Aratu fez um passeio de lancha nos cânions do Rio São Francisco e o apresentador se aventurou numa tirolesa com 350 metros de extensão, 86 metros de altura e que chega a 70km/h.

Exibido desde maio de 2015, sendo um produto próprio da TV Aratu/SBT Bahia, o Dendê na Mochila apresenta reportagens especiais de turismo que têm como locações a Bahia e todo o território nacional. A ideia é mostrar pontos turísticos, histórias do povo baiano e brasileiro, costumes regionais, belezas naturais, a cultura e a identidade de cada cidade visitada. A TV Aratu é uma das primeiras emissoras implantadas em Salvador, atualmente com alcance de 80% da população baiana, atingindo mais de 12 milhões de pessoas no estado.

Em Salvador, praça com mediação real time do Ibope, o Dendê na Mochila atinge médias de 5 a 7 pontos, tendo audiência de 200 a 250 mil telespectadores por dia de exibição. No total, apenas na capital, o público do programa é de mais de 400 mil telespectadores semanais.

Leia Mais →

Por Glauber Leal – Revista Baiana de Notícias /// RBN FM 93.5MHz

 

Na tarde desta sexta-feira (14) durante o “Programa Ronda 93” da RBN FM os radialistas, Marcelo França, Glauber Leal e Gil Leal comentavam a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que considerou inconstitucional lei que regulamenta as vaquejadas no Ceará -e que, na prática, as proíbe- e que culminou em uma onda de protestos pelo Nordeste.

Na terça (11), as manifestações tomaram conta de nove Estados e no Distrito Federal, marcando o Dia de Mobilização Nacional pela Vaquejada.

16937047580004753650000

Assim como em outras cidades, aqui em Paulo Afonso e adjacências também ocorre a prática de vaquejadas, inclusive com várias marcadas para os próximos dias, a decisão que pegou a todos de surpresa vem deixando vários promotores de vaquejadas na região com os cabelos em pé, afinal, na Bahia estaria proibido a prática também? A resposta é sim, mesmo com um projeto do então deputado Eduardo Sales que regulamentava a prática aqui na Bahia a lei não se sobrepõe a uma decisão federal, proibindo a vaquejada também na terra de todos os santos.

Uma sugestão defendida por alguns juristas é buscar junto aos deputados federais a criação de uma lei que regulamente a prática em todo o país, pois atualmente a lei era apenas em alguns estado como por exemplo Ceará e Bahia.
Considerada típica em cidades do interior do Nordeste, a vaquejada costuma movimentar cidades como Serrinha (BA), Caruaru (PE), Gravatá (PE) e Lagarto (SE), em eventos com shows que reúnem milhares de pessoas. A prática consiste numa corrida entre dois vaqueiros montados a cavalo que têm como objetivo perseguir e derrubar um boi puxando-o pela cauda numa pista de areia com 100 m de comprimento.

Segundo a Associação Brasileira de Vaquejadas, são realizados anualmente cerca de quatro mil eventos no país, sobretudo no Nordeste. Os prêmios para os vencedores chegam a R$ 300 mil. Na última quinta-feira (6), por 6 votos a 5, STF considerou inconstitucional a lei que regulamentava a atividade no Ceará argumentando que ela causa sofrimento aos animais. A decisão servirá de referência para leis semelhantes que existam em outros estados do país.

PROTESTOS
Na Bahia, um grupo de criadores de gado organizou uma carreata que passou por rodovias do entorno de Feira de Santana (109 km de Salvador), maior cidade do interior do Estado. Presidente da Associação Baiana de Vaquejadas, Valmir Velozo, defende a aprovação de uma lei nacional que regularize e regulamente a prática no país.

16285148

“A vaquejada é um esporte genuinamente nordestino que se tornou um bem cultural do país. Muitos empregos serão extintos se ela for proibida”, afirma. Velozo nega que haja maus tratos aos animais, conforme argumentado pelos ministros do Supremo. “A gente faz uma vaquejada moderna. Os bois são tratados com todo o conforto, com sombreamento, água e comida. Fazem só duas corridas por dia”, afirma.

Além dos Estados nordestinos, houve protestos também o Pará e no Distrito Federal. Em Brasília, criadores de gado levaram cavalos à Esplanada dos Ministérios. A causa também ganhou a adesão de políticos da região. No fim de semana, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB) criticou a decisão do Supremo. Ele chamou os praticantes das vaquejadas de “heróis” e o disse que o esporte é “patrimônio cultural” do Nordeste. Colaboração folha PE.

Leia Mais →

Bancos privados, BNB e BB retomam atividades; bancários da Caixa mantêm greve na Bahia

 

Postado Revista Baiana de Notícias  \\\  Portal de Notícias da RBNFM 93,5

Parte dos bancários encerrou a greve da categoria na Bahia após votação realizada em assembleia na noite desta quinta-feira (6). Os trabalhadores dos bancos privados e do Banco do Nordeste aceitaram a proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e as agências devem voltar a funcionar nesta sexta (7). Já os da Caixa optaram por manter a paralização. Os funcionários de cada instituição financeira votaram em separado pela manutenção ou não do movimento grevista.  “Consideramos que a proposta da Fenaban é insuficiente, porque não contempla a reposição da inflação nos últimos 12 meses. Mas as condições para a permanência da greve eram ruins. Na Caixa, a maioria dos trabalhadores optou por permanecer no sentido de buscar melhorias na proposta apresentada”, avaliou o presidente do sindicato dos bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos. Os bancos se comprometeram a dar 8% de reajuste salarial e abono de R$ 3.500. A oferta inclui ainda aumento de 10% no vale refeição e no auxílio-creche-babá e de 15% no vale alimentação, além de aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas. A princípio, os bancários pediam aumento de 14,78% de reajuste salarial. A última proposta foi feita pela Fenaban em reunião realizada na noite de quarta-feira (5). A paralisação já durava 31 dias e afetava o serviço em todos os estados do país. A decisão na Bahia segue uma tendência nacional. Bancários de pelo menos mais 20 estados e do Distrito Federal também decidiram encerrar a paralisação em assembleias regionais que aconteceram na noite de hoje. Assim como na Bahia, os funcionários da Caixa escolheram continuar com a greve em algumas regiões do Brasil. Segundo estimativas do sindicato da categoria, 952 agências estavam com as atividades paradas na Bahia e cerca de 13 mil em todo país.   Fonte Bahia Notícias  \\ por Guilherme Ferreira

Leia Mais →

Festa de São Francisco em Paulo Afonso encerra-se com Procissão Fluvial

Por W L da Revista Baiana de Notícias///Portal de Notícias da RBN

Iniciada no dia 25 de setembro, a Festa de São Francisco como acontece todos os anos, o novenário se encerra no dia 04 de outubro com intensa programação que, este ano, inclui mais uma vez a tradicional procissão fluvial, nos lagos e canal de Paulo Afonso, uma procissão terrestre, uma missa festiva.

Há alguns anos, desde que o Pe. Celso da Anunciação assumiu a direção da paróquia de São Francisco que o novenário do Padroeiro de Paulo Afonso e de dezenas de outros municípios ribeirinhos do Rio São Francisco e até outros da Diocese de Paulo Afonso, como Fátima, bem distante do leito do rio, tomou um rumo diferente, voltado para a realidade regional, educativo, informativo, aproveitando das mensagens deixadas pelo “missionário da misericórdia” como instrumento de evangelização, de despertamento e educação para vivenciar o social na região.

 As vida de Francisco de Assis têm sido material para mensagens que levam a uma reflexão mais acurada sobre a ecologia, o meio ambiente, o amor às coisas simples e aos animais, a buscar a felicidade na pobreza e a busca permanente de Deus, na oração, na poesia, nas canções.

 Essa visão que tem transformada as festas de São Francisco a cada ano no laboratório aberto de propostas de vivências saudáveis, é proporcionada com exposições temáticas, estudo do rio e das mazelas que o homem tem feito com ele, da caatinga que acompanha o caminho das águas em vários trechos do rio, do homem e da mulher sertanejos, dos índios que sabem do valor “da irmã água” que mata sua sede e promove a fartura de produção de alimentos.

 A cada ano, a temática do Novenário de São Francisco em Paulo Afonso mobiliza centenas de pessoas, estudantes, crianças, envolvendo-as em estudos e experiências que lhe permitem conhecer melhor o rio, a caatinga, o meio ambiente e auxilia a sua caminhada na direção do futuro.

Confira programação do último dia dos festejos:

04/10 – (Ter) – 9h – Procissão Fluvial

                        – 17h-Procissão – Missa Festiva, Coral-Catedral, Celebrante- Dom Guido Zendron.

 

Leia Mais →