Revisão da Categoria : Polícia

Cigano é morto com R$ 7 milhões em notas promissórias na Bahia

Postado por Revista Baiaana de Notícias  \\\  \\\  Portal da RBN FM 93 , 5 

 

A execução de Salvador Oliveira Dourado (Marcilio Cigano)  , em Guanambi, no Sudoeste da Bahia, ganhou muita repercussão, não só pelo fato da vítima ter uma vida pregressa, mas pela quantidade de notas promissoras e cheques que Marcilio levava consigo.
De acordo com a polícia, com Marcílio foi encontrado um veículo Fiat Strada, cor branco, um revólver taurus, calibre 38, R$ 7.211.891,229 (sete milhões duzentos e onze mil oitocentos e noventa reais e vinte e dois centavos), em notas promissoras. Além disso, os policiais encontram R$ 368.000,00(trezentos e sessenta e oito mil reais), em cheques. Somado os valores chega ao valor de R$ 7 milhões e 500 mil reais.
Para a polícia, morte do Cigano pode está relacionada com alguma dívida e vai tentar descobrir quem encomendou o crime.

Os autores do homicídio fugiram em um veículo Spacefox de cor preta, placa de Pelotas, Rio Grande do Sul, mas a polícia localizou dois suspeitos escondidos em um lote nas intermediações de um posto de combustíveis na Av. Barão do Rio Branco, houve resistência, um dos indivíduos foi morto no confronto, Tiago Rodrigues de Souza foi preso e apresentado na delegacia. Outro suspeito identificado por Daniel Soares dos Reis, na cidade de Pindaí.
No veículo usado pelos autores do homicídio, a polícia encontrou uma carabina e um revolver, ambos de calibre 38.

Uma espingarda, supostamente usada no crime, foi apreendida no Spacefox com placas de Pelotas no Rio Grande do Sul INW 5538. Marcílio tem um histórico de crimes tendo sido preso algumas vezes, inclusive por participação no chamado “Massacre dos Ciganos” ocorrido em maio de 2007. A NOTÍCIA EM 1º LUGAR

Um grupo com mais de dez ciganos teriam invadido um bar localizado na principal praça do bairro e executaram o tenente da PM, Gilson Santiago Messias Junior, 22 anos e o comerciante Paulo Sergio Castro Araújo, de 29 anos, com três tiros cada e vários golpes de arma branca. Quatro ciganos também foram mortos na ocasião.

Leia Mais →

Mulher sofre ameaças de companheiro e sogro em Paulo Afonso

Por Wallace Lima da Revista Baiana de Notícias///Portal de Notícias da RBN FM

Uma Guarnição da Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de ameaças em uma residência do BTN III em Paulo Afonso. Os acusados são companheiro e sogro da vítima, que foi ameaça por ambas as partes.

Era por volta das 23h30min quando os policiais se deslocaram até a Rua José de Anchieta e lá encontraram Ana Paula Teixeira Coelha, 28 anos, onde a mesma informou que foi ameaçada pelo seu companheiro e sogro. Cleiton Martins Alves, 31 anos, e o senhor Cícero Batista Alves Neto, 66 anos de idade, estavam no local quando a PM chegou, todas as partes envolvidas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia, lá as providências cabíveis foram tomadas.

Leia Mais →

PISTOLAGEM EM ANADIA
JÚRI CONDENA RÉUS A MAIS DE 30 ANOS POR MATAR VEREADOR EM ALAGOAS

 

Postado por Revista Baiana de Notícias \\\ \\ Portal da RBNFM 93 , 5
RÉUS IMPEDIRAM LUIZ FERREIRA DE DENUNCIAR ENTÃO PREFEITA SÂNIA
Quase seis anos após o vereador de Anadia, Luiz Ferreira de Souza (PPS) ser trucidado em uma trama política atribuída à então prefeita Sânia Tereza Palmeira Barros, três réus foram condenados, na noite dessa sexta-feira (17), a mais de 30 anos de prisão pelo Tribunal do Júri. Alessander Ferreira Leal, Tiago dos Santos Campos e Everton Santos de Almeida conheceram suas sentenças por associação criminosa e homicídio qualificado, pela participação em um dos crimes políticos de maior repercussão da última década em Alagoas.
Ao final do segundo dia de julgamento, Alessander Leal, à época casado com a ex-prefeita Sânia, recebeu a pena de 32 anos, sete meses e 15 dias de detenção, pela acusação de comandar e coordenar o crime. Tiago Campos, que dirigia o carro que interceptou o da vítima, foi condenado a 30 anos, dez meses e 20 dias de prisão. E Everton de Almeida, acusado de apoiar a ação no interior do veículo, teve pena fixada em 32 anos, três meses e 15 dias.

Luiz Ferreira foi executado em 3 de setembro de 2011, com 13 tiros, na estrada de acesso ao município alagoano, após conceder entrevista em uma rádio do município vizinho de Maribondo. O Ministério Público Estadual defendeu que o crime foi motivado por denúncias de desvios de recursos que Luiz Ferreira faria contra a prefeita eleita pelo PT, sua ex-aliada e adversária de sua pré-candidatura a prefeito, anunciada na entrevista do dia do crime.


VIÚVA CONFIRMOU QUE CRIME POLÍTICO VITIMOU LUIZ FERREIRA
Segundo depoimento da viúva do vereador, Rita Luiza de Pércia Namé, Sânia Tereza, que aguarda julgamento em prisão domiciliar, mandou matar seu marido por temer que as denúncias de ilegalidades que seriam feitas pelo seu ex-aliado inviabilizasse sua reeleição no município. O crime teria custado R$ 5 mil para os mandantes.
“O Luiz iria denunciar todo o desvio que vinha acontecendo e a situação de enriquecimento ilícito da Sânia. Tinha descoberto falcatruas da prefeita. E para não deixar isso continuar acontecendo, só matando ele. Um crime político. Não tenho dúvidas disso. Eu não tive [dúvidas] na hora que recebi a notícia. Eu aponto a ex-prefeita da cidade e o marido. Ele foi morto por não compactuar com as falcatruas de uma Prefeitura totalmente dominada por bandidos”, declarou Rita Namé.

Durante o julgamento, o advogado do réu chegou a defender que os réus foram induzidos a confessar. E que o advogado de ambos, à época, teria criado a história relatada. O trio pode recorrer da sentença, mas deixaram o julgamento direto de volta à prisão.

Quem conduziu o júri popular foi o juiz Geraldo Amorim, titular da 9ª Vara Criminal da Capital. E Sânia Barros, Adailton Ferreira e Wallemberg da Silva, demais acusados de participar do crime, recorreram de sentença de pronúncia e aguardam julgamento do recurso pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), cujo Pleno será responsável por julgar a ex-prefeita de Anadia, por causa da prerrogativa de foro. Redação do Diário do Poder

Leia Mais →

Homem é esfaqueado pelo próprio amigo, após cobrar dinheiro da venda de uma bicicleta em Paulo Afonso

Por Wallace Lima da Revista Baiana de Notícias///Portal de Notícias da RBN FM

Uma tentativa de homicídio foi registrada em Paulo Afonso nesta sexta-feira (17). A vítima foi esfaqueada pelo próprio amigo que mora na mesma casa, o motivo foi a cobrança do dinheiro da venda de uma bicicleta.

A tentativa de homicídio  aconteceu por volta das 13hs na Rua Padre Lourenço, em frente à oficina de Rui  BTN II. A vítima foi identificada como  Davi Anderson da Silva, 60 anos. Já o suspeito conhecido como Sival reside junto com a vítima porém não são parentes

De acordo com as informações a vítima foi cobrar um dinheiro referente à venda de uma bicicleta, porém o autor bastante alterado acabou o esfaqueado. Davi foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Nair Alves de Souza. Já o suspeito foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia.

Leia Mais →

Homem vai á motel, come, bebe, não paga e acaba preso em Paulo Afonso

Por Wallace Lima da Revista Baiana de Notícias///Portal de Notícias da RBN FM

De acordo com as informações do repórter Gil Leal, um homem foi detido por se recusar a pagar a conta de um motel em que consumiu bebidas alcoólicas, refrigerantes, além de alimentos na cidade de Paulo Afonso. A Polícia Militar foi acionada por uma funcionária do estabelecimento nesta quarta-feira (15). O elemento de nome Milton Rodrigo Abreu entrou no estabelecimento às 15hs é só saiu as 23hs.

O motel fica localizado no Bairro Prainha, após se recusar a pagar a conta, o elemento que estava sozinho foi levado para a Delegacia de PolíciaCivil. Na delegacia o elemento deu outro prejuízo, comeu todos os pães dos demais presos. O elemento encontra-se à disposição da justiça.

Leia Mais →