Paulo Afonso-BA, 12/08/2022
logo-275x210

A criança já vinha com problemas de saúde, Diz Secretária de Educação sobre ingestão de água sanitária por aluno de Creche

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Postado por Agência de Notícias RBN//// ////Portal da RBN FM 93, 5

Na tarde desta quinta-feira (28), durante o Programa Ronda Policial da RBN FM, o repórter Gil Leal conversou com a Secretária Municipal de Educação de Paulo Afonso, Elza Brito, que falou sobre o caso de uma criança que ingeriu uma pequena quantidade de água sanitária em uma creche do município.

                          Local do ocorrido

A Secretária confirmou que o caso realmente aconteceu na última segunda-feira (25) na Creche Criança Feliz e que a vítima ingeriu uma pequena quantidade de água sanitária e que após sentir o gosto, fez a ingestão e vomitou em seguida. A criança foi ao Hospital na segunda, terça e quarta se queixando de dores abdominais e foi descoberto que o problema não tem relação com a água sanitária. Médicos e a própria mãe da criança que tem dois anos de idade confirmaram problemas abdominais e que não estão relacionados com o ocorrido da Creche.

A criança encontra-se no Hospital da Restauração em Recife, onde passou por um procedimento cirúrgico e seu estado de saúde é instável. A mesma vem recebendo todo apoio da Prefeitura e secretária de educação que acompanham o caso de perto.

Secretaria de Educação, Professora Elza

“É importante esclarecer os fatos de como isso aconteceu, realmente aconteceu na Creche Lar da Criança Feliz, onde a criança ingeriu um pouco de água sanitária, mais tão logo que ela ingeriu, ela logo expeliu, os profissionais que estavam na escola no momento, eles acompanharam a criança, ela vomitou bastante, em seguida o SAMU foi acionado, então a gestão da escola estava acompanhando e também a Secretaria logo que ficou sabendo do ocorrido, tomou todas as providencias cabíveis, uma equipes da secretaria que acompanhou a criança, porque na verdade ela foi liberada pra casa na segunda, na terça ela apresentou novamente dores abdominais e ai foi que a mãe novamente levou ao Hospital, onde ele foi atendido e liberado. Na quarta-feira (27), essa criança novamente apresentou essas dores abdominais, segundo os gestores da creche, essa criança já vinha anteriormente se queixando dessas dores abdominais na escola e a mãe por sua vez relatou para nossa equipe que quando a criança se queixava dessas dores, ela aliviando em casa mesmo, porque não quis leva para o Hospital, inclusive também houve entradas em PSF, onde ela procurou o posto de saúde e já era sabedora dessa situação.

Criança já vinha com problemas bem antes do ocorrido

Quando a criança deu entrada novamente no Hospital e foi atendida, nossa equipe acompanhou até o final da noite e ficamos por dentro de toda a situação, mas o que ocorre é que os médicos relatam que não há uma relação do que a criança vem apresentando com a ingestão dessa água sanitária que foi mínima, havia uma quantidade no copo, ele ingeriu um pouquinho, quando ele sentiu o sabor do liquido, ele colocou pra fora e depois vomitou bastante. A ingestão foi mínima que provocou esse vomito, mais ele como já vinha com esse problema e inclusive os médicos colocam no prontuário que diz isso, nós conversamos com profissionais do Hospital e foi colocado que esse problema não tem nada a ver com a ingestão da água sanitária, esse problema a criança já vinha apresentando, ele está com problemas intestinais, realizou exames e isso está sendo acompanhado.

Apoio da prefeitura a família

A prefeitura em todos os momentos deu apoio, assistência à família, inclusive acompanhando a criança, os pais e nós estamos a todo momento em contato com a família. Ela está em Recife após ser regulada e está no Hospital da Restauração com quadro estável durante todo o dia, ela deu entrada no Hospital da Restauração ás 10hs da manhã com quadro estável, a criança estava bem, bem assistida e em contato nosso com a família a avó passou pra gente que a criança já passou pelo procedimento e está muito bem, apresenta um bom estado, respondeu bem ao tratamento, então falamos também com o pai para oferecer ajudar pra viajar e a avó passou que talvez não seja necessário porque talvez não faça mais essa viagem. Mais oferecemos o transporte e a hospedagem em Recife para que ele possa junto a todos.

Providencias aos culpados

“Já reunir todos hoje pra passar essa fala com todos os colaboradores da Secretaria, todos os servidores e estamos também com a assessoria jurídica da educação já em iniciando uma sindicância que já visitou a escola nessa manhã e estamos iniciando o processo de sindicância para apurar o caso e apara tomar as providencias cabíveis”

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.