Paulo Afonso-BA, 11/08/2022
logo-275x210

Criança recebe alta e Hospital da Restauração descarta ingestão de água sanitária

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Segundo o repórter Gil Leal o caso de uma criança que teria ingerido água sanitária em creche da rede municipal de Paulo Afonso , tomou proporções infundadas em alguns meios de comunicação que distorcem os fatos, como eles realmente são, e aproveitam da situação para tingir atual gestão da cidade.

De acordo com familiares de Luiz Miguel, a criança bebeu a água sanitária, que estava em cima de uma mesa da creche, acreditando que fosse água potável. O caso aconteceu na segunda-feira (25), na Creche Municipal Lar da Criança Feliz.

Na ocasião, Miguel foi socorrido para o Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, mas, em seguida, recebeu alta. No entanto, dois dias depois, na quarta-feira (27), o menino voltou a sentir muitas dores e retornou para a unidade médica onde estava internado até ser transferido.

Apesar da versão da família, a assessoria do Hospital da Restauração, em Recife, informou ao G1 que vários exames foram feitos no menino, e que os médicos descartaram ingestão de água sanitária.

Conforme a assessoria, o garoto sofreu uma invaginação, que ocorre quando uma parte do intestino se insere dentro de outra. A invaginação, segundo o hospital, não tem relação com ingestão de água sanitária.

Mesmo diante do quadro de saúde delicado da criança, a Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, deu total apoio para criança.  É bem verdade que temos que está sempre atento as nossas crianças, mais temos que tratar o caso de forma séria, por pare da imprensa, não de se pode levar interesses particulares, quando estamos falando da saúde de uma criança.

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.