Paulo Afonso-BA, 12/08/2022
logo-275x210

Nos pênaltis, São Paulo elimina Palmeiras e vai à final do Paulistão após 16 anos

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter
Postado por Agência de Notícias RBN \\\\\\ Portal da RBN FM 93 , 5

 

Que noite para Tiago Volpi! Goleiro pega uma cobrança, perde outra e coloca o Tricolor na decisão ao espalmar a batida final de Zé Rafael. Adversário será Santos ou Corinthians.

Drama na arena
O São Paulo está na final do Campeonato Paulista. Em um Choque-Rei muito disputado, com um gol anulado acertadamente pelo árbitro de vídeo para cada lado no empate por 0 a 0 no tempo normal, o Tricolor venceu o Palmeiras por 5 a 4 nos pênaltis com uma atuação decisiva do goleiro Tiago Volpi. Ele pegou a batida de Ricardo Goulart, desperdiçou a última cobrança da série (Prass defendeu) e espalmou o chute final de Zé Rafael para garantir a vaga na decisão. O adversário sairá do confronto entre Santos e Corinthians, nesta segunda, no Pacaembu.

Melhores momentos: Palmeiras 0 (4×5) 0 São Paulo pela semifinal do Campeonato Paulista
Melhores momentos: Palmeiras 0 (4×5) 0 São Paulo pela semifinal do Campeonato Paulista

Os pênaltis
Pelo SãoPaulo, Nenê, Everton Felipe, Hudson, Gonzalo Carneiro (de cavadinha) e Bruno Alves converteram. Tiago Volpi errou. No Palmeiras, acertaram Bruno Henrique, Gustavo Gómez, Luan e Diogo Barbosa. Ricardo Goulart e Zé Rafael desperdiçaram.

Os pênaltis de Palmeiras 0 (4×5) 0 São Paulo pela semifinal do Campeonato Paulista
Os pênaltis de Palmeiras 0 (4×5) 0 São Paulo pela semifinal do Campeonato Paulista

Primeiro tempo
Palmeiras e São Paulo fizeram um primeiro tempo de velocidade, intensidade, mas poucas oportunidades de gols. O Verdão não exerceu uma pressão tão forte quanto se imaginou. Principal arma da equipe, Dudu teve uma atuação abaixo da média e prejudicou o rendimento ofensivo. Na melhor chance, aos 12 minutos, Ricardo Goulart bateu travado por Luan em rebote na área. Bem armado na defesa, o Tricolor apostou na correria de seus três atacantes. Antony teve a melhor oportunidade, aos 44, ao sair cara a cara e chutar em cima de Fernando Prass.

Lance da partida entre Palmeiras e São Paulo
Lance da partida entre Palmeiras e São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Segundo tempo
O São Paulo voltou do intervalo arriscando mais no ataque. Aos três minutos, Liziero chegou a marcar, mas o árbitro Flavio Rodrigues de Souza, com a ajuda do VAR, anulou acertadamente por impedimento. O Palmeiras respondeu com um desvio perigoso de Deyverson que Tiago Volpi espalmou. Pouco depois, Scarpa fez boa jogada e carimbou a trave pelo lado de fora. Aos 30, o árbitro de vídeo voltou a entrar em ação. Deyverson marcou ao receber de Diogo Barbosa, comemorou, mas o VAR, também acertadamente, anulou por impedimento. O Palmeiras foi para cima nos últimos minutos. Zé Rafael assustou em chute cruzado. Mas o jogo foi para os pênaltis.

Árbitro anula o gol do Palmeiras contra o São Paulo
Árbitro anula o gol do Palmeiras contra o São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

VAR 1
Para o comentarista de arbitragem Paulo César de Oliveira, o árbitro de vídeo acertou ao anular o gol do São Paulo, marcado por Liziero. Veja abaixo o lance e a análise:

Liziero abre o placar para o São Paulo, mas VAR diz que ele estava impedido.
Liziero abre o placar para o São Paulo, mas VAR diz que ele estava impedido.

VAR 2
Paulo César de Oliveira também concordou com a anulação do gol de Deyverson. Assista:

 

Fonte: Globo Esporte

 

LEIA  MAIS Vasco Bangu

                       Vasco 2 x 1 Bangu pela semifinal do Campeonato Carioca 2019

 

Vaiado, mas decisivo: Yan Sasse garante vitória, e Vasco jogará final com Flamengo

 

Meia substitui Rossi ainda no primeiro tempo e torcida não aprova; na segunda etapa, faz belo gol e dá vitória ao Cruz-Maltino, que disputará decisão nos próximos dois domingos
Vasco na final
O Vasco superou um primeiro tempo ruim e de vaias da torcida para avançar à decisão do Carioca. Com um segundo tempo mais inspirado, o time venceu o Bangu por 2 a 1 – gols de Bruno César e Yan Sasse, com Yaya Banhoro descontando. Fará, em dois jogos, nos dois próximos domingos, a final com o Flamengo.

 

                         Vasco 2 x 1 Bangu pela semifinal do Campeonato Carioca 2019

Os humilhados serão exaltados
Aos 27 minutos do primeiro tempo, Rossi se lesionou e precisou ser substituído. Alberto Valentim chamou Yan Sasse, o que causou indignzação em parte da torcida presente no Maracanã. Um torcedor, inclusive, ameaçou jogar o tênis no gramado. Gritos de “burro” surgiram na arquibancada. Piorou quando o camisa 20, três minutos depois, perdeu bola no campo de defesa e precisou parar o adversário com falta, recebendo cartão amarelo.

Torcedor do Vasco se irrita e ameaça jogar tênis em campo, aos 29′ do 1ºT

Mas, no segundo tempo, o vento resolveu soprar a favor de Yan Sasse. Aos 14 minutos, o meia recebeu passe de Cáceres, limpou e mandou no ângulo esquerdo de Jefferson Paulino. Belo gol! A tarde poderia ter terminado melhor se, cinco minutos depois, Yan Sasse não tivesse optado pela jogada individual quando Tiago Reis estava livre na esquerda. Mas tudo bem já que o Vasco venceu e está na final do Carioca!

Gol do Vasco! Yan Sasse recebe na área, após linda jogada de ataque, e marca, aos 14′ do 2ºT
Gol do Vasco! Yan Sasse recebe na área, após linda jogada de ataque, e marca, aos 14′ do 2ºT

Fim confuso
Aos 44 da segunda etapa, o tempo quis fechar no Maracanã: depois de fazer falta em Lucas Santos na linha de fundo, Rodrigo Lobão recebeu o amarelo. Os jogadores do Bangu não gostaram e invadiram o gramado, os do Vasco também. Aí sobraram cartões: Anderson Penna, Marcos Jr, Gabriel Felix e Pikachu foram advertidos com o amarelo.

Confusão no fim de Vasco x Bangu

Confusão no fim de Vasco x Bangu (Foto: Thales Soares)

Teve VAR
O VAR também entrou em ação neste domingo no Maracanã. Aos 2 minutos do segundo tempo, Danilo Barcellos cobrou escanteio na área, e Ricardo cabeceou com perigo. No lance, jogadores cruz-maltinos pediram puxão de camisa em Lucas Mineiro. O árbitro fez a revisão do lance no vídeo e marcou pênalti para o Vasco. Aos 7, Bruno César converteu a cobrança.

Final sem vantagem
Vasco e Flamengo disputarão, nos próximos dois domingos, a final do Campeonato Carioca. Não há vantagem. Dois empates ou dois resultados iguais favorecendo cada um dos lados leva a decisão para os pênaltis.

 

Fonte: GloboEsporte

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.