Paulo Afonso-BA, 13/08/2022
logo-275x210

“Ao invés de propor redução de taxa, abra mão da sua verba de gabinete” Diz Rui Costa sobre vereadores que querem reduzir taxa de esgoto da Embasa

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

No ano de 2018, o governador da Bahia, Rui Costa, esteve na cidade de Paulo Afonso e na oportunidade foi questionado sobre a redução da taxa de esgoto cobrado pela Embasa.

O Governador foi claro em dizer que em todo o mundo se adota essa prática da taxa de esgoto, pelo contrário o que sobe é a conta de água, “Ao invés de cobrar a taxa de esgoto, você subir o preço da água, porque toda água que você fornece na casa, ela é transformada depois em esgoto, então ou você cobra a taxa do esgoto ou sobre o valor da água. Então, subir o valor da água é injusto, porque tem pessoas que não tem esgoto ainda e que pagariam por um serviço que eles não tem, a população rural ou bairros periféricos que não tem rede de esgoto pagariam por um serviço que eles não tem, por isso que ao invés de aumentar a água, se a opção e não é só na Bahia e nem no Brasil, é no mundo inteiro se faz a opção de junto a conta de água a taxa de esgoto”.

O governador em esteve em Paulo Afonso em um período eleitoral e mesmo assim, chamou de demagogo aqueles que usam essa desculpa para arrumarem votos, “Eu sei que todo ano eleitoral é assim, no Brasil se percorrem o caminho mais curto para arrumarem votos e preferem fazer o que eu chamo de demagogia, propor transporte de graça para as pessoas, que ninguém pague a conta de luz, água, e com isso ficar fazendo demagogia para conseguir votos, enganando as pessoas. Em nenhum lugar do mundo você tem tratamento de água de graça, assim como energia, tratamento de esgoto, gás de graça, então não gosto de político assim, quero que meu país gere emprego para a população, que seja organizado”.

Rui Costa citou como a exemplo a cidade de Itabuna que resolveu assumir o abastecimento de água e não deu certo, precisou pedir socorro ao governo do estado, “Nas cidades que o prefeito não cobra a água de ninguém, falta água, ano passado nós tivemos falta de água em Itabuna, com a tubulação podre, não tinha água para fornecer a população, então o prefeito veio até mim e pediu socorro, nós socorremos, mandei fazer um relatório fotográfico do sistema de água e disse prefeito isso aqui que não pode, vocês não botam água para as pessoas e o sistema está todo podre. Ao invés do povo tem água na tubulação, estavam pagando pelo carro-pipa para abastecer sua casa”.

Rui finalizou com um desafio aos vereadores que propõem conseguir a simpatia da população propondo redução de taxa de esgoto, que eles proponham também que vão abrir mão da verba de gabinete e assim ajuda sua cidade, “Temos que tratar as coisas com seriedade e eu repito em algumas cidades, não só aqui em Paulo Afonso, políticos na minha opinião tem tentado ganhar simpatia da população propondo taxa de 20%, taxa de 10%, gratuidade, eu proponho que ao invés disso, ele propôs-se que vai trabalhar de graça para a população, ele que ajudar o povo, então, em vez de ficar propondo em reduzir a taxa de esgoto, ele proponha que vai ser vereador sem cobrar nada da população, vai abrir mão da verba de gabinete da Câmara de Vereadores, então abra mão desses valores, é uma grande ajuda que você dá para sua cidade. Agora fazer cortesia com o chapéu dos outros é fácil, por isso eu sou muito direto”.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.