Paulo Afonso-BA, 20/08/2022
logo-275x210

Luiz de Deus se reúne com quiosqueiros do balneário Prainha para tratar mais uma vez sobre as baronesas

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Por AC Zuca

Na manhã desta desta, 30, O prefeito Luiz de Deus se reuniu com a Associação dos Quiosqueiros de Paulo Afonso, para tratar sobre a incidência de baronesas, as plantas aquáticas vindas de outros estados e municípios e que tem como destino final a margem do balneário Prainha.

Solicitada pelos donos de quiosques, a reunião foi acompanhada por secretários municipais. “Expomos nossa situação e solicitamos que o prefeito possa nos ajudar. Pedimos que o processo de retirada das baronesas seja agilizado e a inserção de uma nova contenção, para que possamos fortalecer ainda mais nosso Balneário”, acrescenta o presidente dos quiosqueiros, Gaúcho.

O prefeito afirmou que vai solicitar uma reunião emergencial com a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) e Justiça, para que juntos possam agir de forma enérgica na solução do problema. “Devemos sentar, discutir com profundidade e delegar a função de cada órgão. O problema precisa ser resolvido. Do jeito que vai, o Rio São Francisco não vai ter condições de sobrevivência”, afirma.

Ele também ressaltou que a Prefeitura sozinha não consegue resolver o problema e que é preciso a parceria de todos os setores da sociedade. “Até hoje, temos feito um trabalho excepcional e que necessita de um empenho maior de outros órgãos, de forma eficaz e que caiba no bolso de todos. Pelo bem da população e do Velho Chico”, acrescenta.

De acordo com especialistas e ambientalistas, as baronesas são indicativos de poluição e se proliferam devido ao despejo de esgoto nos rios. Pela administração municipal de Paulo Afonso, foram realizadas várias ações, através das Secretarias de Meio Ambiente e Infraestrutura, retirando mais de 30 mil toneladas, somente do Balneário Prainha.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.