Paulo Afonso-BA, 11/08/2022
logo-275x210

Com VAR protagonista, Corinthians e Flamengo empatam em Itaquera

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Postado por Agência de  Notícia RBN  \\\\   Portal da RBN   FM  93 ,  5

 

Redação :  Globo Esporte

 

Timão, que era o único da Série A sem penalidade no ano (contando todos os torneios), marca com Clayson, mas vê o Fla empatar com Gabigol, após 5min15seg de análise do árbitro de vídeo – em decisão acertada, segundo o comentarista Sálvio Spinola
Deu empate!
O árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês) voltou a ser protagonista neste domingo, em Itaquera. Depois de quase seis minutos de paralisação para análise do VAR, o árbitro Leandro Vuaden validou um gol de Gabriel, já no fim do jogo, determinando o empate em 1 a 1, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lance polêmico ocorreu aos 39 do segundo tempo: Willian Arão cabeceou, Cássio deu rebote e Gabigol mandou para a rede, mas o bandeirinha deu impedimento. A validação veio com o VAR. Na opinião do comentarista Sálvio Spinola, a posição de Gabriel era legal, e o VAR acertou ao validar o lance. Antes, Clayson havia aberto o placar, no primeiro pênalti do Corinthians em 2019. Com o resultado, o Flamengo fica na terceira posição com 21 pontos, cinco atrás dos líderes Palmeiras e Santos. Já o Corinthians fica em oitavo, com 16 e um jogo a menos do que os rivais mais próximos.

Veja os melhores momentos de Corinthians 1 x 1 Flamengo

 

 

Dose tripla
O jogo em Itaquera, válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi o terceiro Corinthians x Flamengo do domingo. Pela manhã, os times empataram em 2 a 2 no Sub-20, no Parque São Jorge. No começo da tarde, deu Timão em confronto válido pelo Brasileiro Feminino: 1 a 0. Em Itaquera, mais de 34 mil pagantes:

Público pagante na Arena: 34.737 Renda: R$ 2.223.284,60 #trarenacor

Os gols de Corinthians 1 x 1 Flamengo pela 11ª rodada do Brasileirão 2019

O que vem por aí
Corinthians e Flamengo têm compromissos por competições internacionais no meio de semana: o Timão recebe o Montevideo Wanderers na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, e o Fla encara o Emelec no Equador, quarta, pela Libertadores. Pelo Brasileirão, os dois times voltam a jogar no domingo: o Flamengo tem clássico com o Botafogo no Maracanã, e o Corinthians pega o Fortaleza no Castelão. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão.

Corinthians x Flamengo – Diego e Sornoza (Foto: Marcos Ribolli)

Gabriel artilheiro
Gabigol chegou a seu oitavo gol no Brasileirão. Ele lidera a artilharia, agora com dois de vantagem sobre Everaldo, da Chapecoense.

Gabriel Barbosa comemora gol em Corinthians x Flamengo
Gabriel Barbosa comemora gol em Corinthians x Flamengo (Foto: Renato Pizzuttto/BP Filmes)

Como era o mundo no último pênalti para o Corinthians
Muita coisa era diferente, já que a última penalidade para o Timão foi em 17 de outubro de 2018. O Corinthians ficou 52 partidas, sendo 48 oficiais e quatro amistosos, sem um pênalti a favor – era o único clube da Série A sem nenhuma penalidade na temporada, contando todas as competições. O pênalti neste domingo foi cometido por Berrío em Vagner Love – Clayson cobrou e marcou.

Corinthians x Flamengo – Clayson comemora gol em primeiro pênalti para o Timão desde 17 de outubro d(Foto: Marcos Ribolli)

Como o Corinthians jogou
Arena lotada, torcida incentivado, e o Corinthians abriu mão de ficar com a bola para tentar surpreender o Flamengo. Enquanto os cariocas trocavam passes em busca de espaço, o Timão jogou de forma mais direta, tentando explorar os buracos deixados na defesa rubro-negra. A estratégia funcionou de forma precisa apenas no segundo tempo. Pedrinho recuperou a bola, Fagner puxou o contra-ataque, e Love foi derrubado por Berrío na área. Clayson abriu o placar. Com Gil na equipe, o Corinthians voltou a fazer uma atuação bastante segura defensivamente. Mas a falha saiu de onde não se imaginava. Cássio rebateu para o meio da área um cabeceio de Arão, e Gabigol empatou.

 

Como o Flamengo jogou
Jorge Jesus poupou alguns jogadores e utilizou um esquema com dois volantes e só um atacante fixo, assim como era com Abel Braga. Gerson fez sua estreia e atuou mais pelo lado esquerdo. Na primeira etapa, a equipe rubro-negra teve 59% de posse de bola, mas foi pouco criativa. Mais isolado, Gabigol saiu bastante da área para tentar buscar jogo, e o time perdeu presença de área. Na segunda etapa, o Corinthians acelerou e abriu o placar. Jesus colocou Bruno Henrique e voltou rapidamente para o esquema com dois homens de frente. A equipe seguiu com muita dificuldade de criação, mas passou a circular mais a área do Corinthians, que se retraiu quando teve a vantagem. O gol de Gabriel acabou surgindo num escanteio.

 

Primeiro tempo
O Flamengo foi quem tomou a iniciativa do jogo, com muito mais posse de bola (chegou a ter 65% e terminou a primeira etapa com 59%). Diego, tão criticado pelo pênalti perdido contra o Athletico-PR na Copa do Brasil, fazia bem a função de rodar a bola no meio-campo. Bem postado na defesa, o Corinthians esperava a melhor hora de contra-atacar. Acabou assustando só em escanteios, com os zagueiros Gil e Manoel se destacando na bola alta. O placar de 0 a 0 acabou sendo justo e adequado para as propostas das duas equipes.

Corinthians x Flamengo – Vitinho saiu machucado no fim do primeiro tempo
Corinthians x Flamengo – Vitinho saiu machucado no fim do primeiro tempo (Foto: Marcos Ribolli)

Segundo tempo
O que mudou foi que, enfim, o Corinthians conseguiu encaixar um contra-ataque, com Pedrinho e Fagner até a bola chegar a Vagner Love, que acabou sendo derrubado por Berrío – pênalti, convertido por Clayson. Em vantagem, o Corinthians se fechou ainda mais, esperando nova chance para contra-atacar. O Flamengo foi pra cima. Logo após o gol, Jorge Jesus trocou o volante Cuéllar pelo atacante Bruno Henrique, numa tentativa de ir para o abafa. Acabou chegando ao empate no fim, com Gabriel, aproveitando rebote em lance de escanteio, em gol validado pelo VAR após quase seis minutos de análise.

Árbitro Leandro Vuaden levou quase seis minutos para validar gol do Flamengo. Mas acertou, segundo o comentarista Sálvio Spínola
Árbitro Leandro Vuaden levou quase seis minutos para validar gol do Flamengo. Mas acertou, segundo o comentarista Sálvio Spínola (Foto: Marcos Ribolli)

Estatísticas
Posse de bola: Corinthians 42% x 58% Flamengo

Finalizações: 13 x 5

Chances reais de gol: 3 x 3

Cabeçadas: 4 x 2

Bolas alçadas na área: 18 x 13

Escanteios: 3 x 5

Faltas: 20 x 17

Impedimentos: 2 x 1

Léo Duarte e Vagner Love em Corinthians x Flamengo
Léo Duarte e Vagner Love em Corinthians x Flamengo (Foto: Marcos Ribolli)

Leia Mais Notícias de Esporte

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.