Paulo Afonso-BA, 09/08/2022
logo-275x210

Vitória sai na frente, mas sofre apagão e leva virada do Londrina

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Postado por Agência de Notícias RBN \\\ Portal da RBN FM 93 , 5

 

Time baiano sai na frente e vê Londrina empatar no primeiro tempo. Na segunda etapa, Tubarão faz mais dois em três minutos de bola rolando

Redação: Globo Esporte

O confronto

Dois minutos. Foi o que bastou para que o Londrina mudasse o rumo da partida desta terça-feira. Depois de um primeiro tempo de superioridade do Vitória, o Tubarão voltou do intervalo com empate em 1 a 1 no placar e, aos três do segundo tempo, já ostentava 3 a 1. Felipe Gedoz fez o primeiro gol da partida, aos 17 da primeira etapa, numa bela cobrança de falta. Anderson Oliveira empatou aos 44. No início do segundo tempo, Dagoberto fez o segundo do time paranaense e, um minuto depois, Anderson Oliveira fechou o caixão.

Primeiro tempo

Gol do Vitória! Felipe Gedoz cobra falta com categoria e manda no ângulo, aos 17 do 1º

O Vitória saiu na frente no primeiro tempo, não só no placar, mas também na atuação. Diante de um Londrina pouco organizado, o time baiano partiu para cima desde os minutos iniciais, principalmente com Anselmo Ramon e Felipe Gedoz. Foi do meia, inclusive, o primeiro gol da partida – e que gol! Aos 17, ele cobrou falta com categoria e mandou no ângulo da meta defendida por Matheus Albino [assista ao gol no vídeo]. O Tubarão teve uma leve melhora no finalzinho e conseguiu empatar de fora da área: aos 44, Anderson Oliveira mandou uma bomba, que Martínz Rodríguez aceitou.

Segundo tempo

Gol do Londrina! Anderson Oliveira recebe na área e marca o terceiro, aos 3 do 2º tempo

O Londrina voltou do intervalo arrasador. Logo no primeiro minuto, Anderson Oliveira invadiu a área e tocou para Dagoberto, que só completou. Era virada no Estádio do Café. Dois minutos depois, o mesmo Anderson Oliveira fez o terceiro do Tubarão: Dagoberto partiu em velocidade, rolou para o meio. Anderson Leite fez o corta-luz, e Oliveira chegou batendo para ampliar [assista ao gol no vídeo]. O Vitória sentiu o golpe, se desorganizou e passou a errar mais. Baraka ainda tentou de cabeça, mas Matheus Alvino fez uma bela defesa aos nove minutos. Safira ainda poderia ter feito o quarto do time paranaense nos minutos finais, mas errou o gol por muito pouco.

Como fica a tabela
Com o resultado, o Londrina entrou no seleto grupo dos quatro primeiros colocados da Série B. Com 20 pontos, o Tubarão agora é o quarto colocado da competição. O Vitória segue na 18ª colocação, com sete pontos.

 

Próximos jogos
Na próxima rodada da Série B, o Londrina vai até Barueri, onde enfrenta o Oeste. A partida está marcada para as 16h30 deste sábado. Já o Vitória vai receber a Ponte Preta no Barradão, no mesmo dia e horário.

 

Leia Mais

Palmeiras começa mal, mas reage e busca empate com Godoy Crrgentinauz na A

Time posado do Palmeiras contra o Godoy Cruz

Santiago García marca duas vezes logo no início, mas perde pênalti; Felipe Melo e Borja fazem gols, e Verdão quase vira – empate por 0 a 0 ou 1 a 1 em casa classifica Verdão na Libertadores

 

Verdão reage em Mendoza

O Palmeiras ainda não achou sua melhor versão desde o retorno da Copa América, mas ao menos buscou um empate valioso no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Depois de começar mal e ter dois gols de desvantagem, o Verdão conseguiu igualar o placar e ficar no 2 a 2 com o Godoy Cruz, na noite desta terça-feira, em Mendoza. Santiago “Morro” García fez os dois gols dos argentinos, mas perdeu um pênalti ainda no primeiro tempo, defendido por Weverton. Felipe Melo e Borja fizeram os gols do empate do Palmeiras, que quase virou em uma falta cobrada por Bruno Henrique e defendida por Mehring, já no fim.

 

Felipe Melo comemora primeiro gol do Palmeiras na Argentina
Felipe Melo comemora primeiro gol do Palmeiras na Argentina (Foto: Andres Larrovere/AFP)

Com o resultado, o Palmeiras só precisa de um empate por 0 a 0 ou 1 a 1 na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), em sua arena, no jogo de volta – os gols marcados fora de casa servem como critério de desempate. O Godoy Cruz se classifica com vitória ou empate por 3 a 3 ou mais gols. Um novo 2 a 2 leva a decisão para os pênaltis.

Borja e a Libertadores

Campeão pelo Atlético Nacional, da Colômbia, em 2016, Borja parece ter sido feito para o torneio. Nesta terça, depois de quase dois meses sem entrar em campo, o centroavante ganhou uma chance de Felipão e não decepcionou. Participou bem do jogo, criou chances e fez o golaço que garantiu o empate na Argentina. Além disso, tornou-se o terceiro maior artilheiro do Palmeiras na Libertadores: 10 gols, atrás apenas de Alex (12) e Tupãzinho (11). Depois do jogo, ele deu um recado e pediu mais confiança dentro do clube.

Borja voltou a jogar depois de quase dois meses no Palmeiras
Borja voltou a jogar depois de quase dois meses no Palmeiras (Foto: Andres Larrovere/AFP)

Sequência difícil
Com o empate, o Palmeiras chega a quatro jogos sem vencer na temporada – só ganhou uma desde o fim da pausa para a Copa América. O time não viva sequência tão longa há mais de dois anos, desde junho de 2017, quando também passou quatro partidas sem vencer.

 

Quase pediu música
Santiago “Morro” García, centroavante uruguaio do Godoy Cruz, era tratado desde sempre como o principal jogador a ser observado pelo Palmeiras no confronto. Pouco adiantou o estudo detalhado sobre ele. Com imposição física e presença de área, o centroavante fez dois gols logo no início e teve a chance do terceiro, mas praticamente recuou a cobrança de pênalti para Weverton. Perdeu a oportunidade de pedir música no Fantástico, da TV Globo…

 

Primeiro tempo
O início de jogo do Palmeiras foi desastroso. Logo aos cinco minutos, sofreu o primeiro gol de Santiago García em uma falha de marcação do sistema defensivo. Pouco inspirada e com problemas na armação das jogadas, a equipe alviverde sofreu mais um gol aos 28 minutos. Aos 33, Felipe Melo conseguiu descontar de cabeça após cruzamento de Marcos Rocha. A situação poderia ficar ainda mais complicada para o Verdão com um pênalti marcado a favor do Godoy Cruz. Weverton, no entanto, defendeu a cobrança de Santiago García.

 

Segundo tempo
Mais agressivo, o Palmeiras tomou conta das ações e só sofreu com alguns contra-ataques do Godoy Cruz – sempre pelo lado esquerdo da defesa, nas costas de Diogo Barbosa. O Verdão passou a avançar com todos os seus jogadores, inclusive os zagueiros, e viu o gol de empate sair do passe de um deles, Luan, diretamente para Borja. O centroavante girou em cima de Varela e finalizou na saída do goleiro, aos 13 minutos. Depois, a equipe de Felipão controlou o jogo e quase fez o terceiro com Bruno Henrique, de falta. Hyoran substituiu Willian e também criou pelo lado direito, mas não o suficiente para garantir a virada alviverde.

Próximos jogos
Antes de receber o Godoy Cruz na próxima terça-feira, às 21h30, em sua arena, pelo jogo de volta das oitavas da Copa Libertadores, o Palmeiras tem pela frente o Vasco no sábado, às 17h (de Brasília), também na arena, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.