Paulo Afonso-BA, 29/10/2020
logo-275x210

Na Ilha do Retiro, Fluminense visita o Sport e Odair poupa alguns titulares de olho na Copa do Brasil

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Neste domingo, Fluminense e Sport se enfrentam às 20h30, na Ilha do Retiro, em lados opostos na tabela do Campeonato Brasileiro. Com 14 pontos, o Tricolor tenta entrar no G-6 e embalar de vez na competição. Já o Leão, que soma 11, busca se afastar da zona da degola e construir uma regularidade após a chegada de Jair Ventura.

Contudo, historicamente, este confronto é bastante equilibrado nas partidas realizadas em Pernambuco. Os donos da casa estão na frente com nove vitórias contra sete do Tricolor e oito empates em 24 partidas no estádio do Leão. A última vez em que se enfrentaram em Recife foi no Brasileirão de 2018, e o Flu venceu por 2 a 1.

Para o duelo, o técnico Odair pretende rodar a equipe e descansar alguns jogadores, já que terá uma decisão contra o Atlético-GO pela Copa do Brasil, na quinta. Com isso, ele irá poupar três titulares que compõem a espinha dorsal da equipe: Nenê, artilheiro do time na temporada com 17 gols, Dodi e o uruguaio Michel Araújo.

Além deles, o time não terá o zagueiro Digão (lesão na coxa esquerda), Yuri (pubalgia), Caio Paulista (metacarpo da mão direita), Frazan (voltou a treinar após oito meses de inatividade em virtude de uma operação no joelho), Fred (com Covid-19) e Danilo Barcelos (suspenso). Ao todo, Odair não poderá contar com nove jogadores.

Por outro lado, o comandante utilizará novamente o jovem Luiz Henrique, que foi um dos destaques da vitória contra o Atlético-GO, e terá no banco  André, que fez sua estreia no time profissional contra o Dragão. Uma disputa sadia no elenco, em que os jovens da base Tricolor começam a aparecer e ter oportunidade, uma vez que Callegari assumiu a titularidade da lateral-direita.

Outro nome que deverá voltar a ter uma chance entre os onze é Marcos Paulo, que não vem jogando bem. A tendência é que ele forme um trio de ataque com Luiz Henrique e Wellington Silva. No meio, Paulo Henrique Ganso substitui Nenê, e jogará ao lado de Yago Felipe e Hudson. Já a defesa terá todos os seus titulares: Muriel, Callegari, Nino, Luccas Claro e Egídio.

Por o Lance

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *