Paulo Afonso-BA, 29/10/2020
logo-275x210

Coordenador médico lamenta mortes por COVID e diz que UTI de Paulo Afonso está equipada e com todos equipamentos funcionando

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Doutor Henrique Coelho, coordenador médico da UTI, faz parte da coordenação geral da UTI de Paulo Afonso, gravou um áudio nesta quarta-feira (23), lamentando as duas últimas mortes por COVID na cidade e esclareceu inverdades sobre a atendimento na Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Municipal.

Eu falei que não faria parte desse time se a UTI não estivesse pronta

“Eu vi hoje alguns pronunciamentos em uma rádio referente a dois casos que a gente teve aqui, então eu vim aqui na verdade para esclarecimentos a população e tentar desmistificar um pouco algumas informações que foram passadas de maneira no mínimo errada em relação ao funcionamento da UTI. Olha, eu vim para cá tem um mês, vim pra cá no intuito de abrir essa UTI e uma das premissas básicas que eu informei a empresa foi justamente a de que eu não permaneceria aqui certo, se eu não pudesse exercer plenamente o que se deve fazer dentro de uma UTI, então caso não tivessem recursos nem do ponto de vista humano, nem do ponto de vista de equipamentos ou de medicações, eu não abriria essa UTI, não faria parte do time dessa UTI. Quando eu cheguei em Paulo Afonso, foi em um sábado, averiguei toda a UTI, todas as maquinas e equipamentos que estavam aqui dentro, então eu abrir a UTI em um domingo, no dia 16 de agosto sabendo que teria todas as maquinas aqui e foi exatamente o que aconteceu, quando eu cheguei aqui estava tudo equipado, inclusive com alguns equipamentos que eu não tenho disponível em outra UTI que eu trabalhava em Salvador. Então essa ideia de que a UTI não está equipada isso não é verdade, a UTI está equipada com monitores e ventiladores em todos os leitos, nós temos hemodiálise com um serviço dedicado, temos ecocardiograma, ultrassom na beira do leito, geradores de marca-passo, entre outras coisas também, então não existe nenhum paciente clinico que não possa ser tratado aqui dentro dessa UTI”.

Dois óbitos nesta terça, 22

“Em relação a esses dois casos, o COVID é uma doença grave e mata bastante, prova disso é o que a gente vê que o índice de óbitos é alto, seja aqui, nos Estados Unidos, no Japão, na Inglaterra, em qualquer lugar desse planeta, independentemente do nível de suporte que se tenha, do luxo que se tenha ou em fim, equipamentos auxiliares que se tenham dentro de uma UTI, o COVID mata muito, existem capitais do nordeste onde a taxa de sucesso e óbitos está sendo mais ou menos de 15 altas para 90 óbitos, então essa história de que o COVID não mata não é verdade, o COVID mata muito independentemente do que a gente faça muitas vezes. Então esses dois pacientes que vieram, foram pacientes que chegaram aqui com um quadro muito grave, inclusive um deles já fazendo insuficiência renal, distúrbios ácidos básico muitos intensos e muitas vezes esses pacientes já entram aqui que foi o caso deles dois com uma taxa de óbito acima de 90%, temos ferramentas e escalas para calcular essas taxas de sucesso e óbito e esses dois pacientes ao entrarem aqui pelos exames laboratoriais e pelo quadro clinico, já tinham uma taxa de óbito acima de 90%, ou seja, eles já chegaram no primeiro dia com a chance de sobreviver menor do que 10%, fizemos o possível, demos suporte ventilatória adequado, sedamos, demos suporte dialítico, tentamos todos os suportes ventilatórias disponíveis, todas as medicações que deveriam serem feitas foram feitas, fizeram infecções associadas a ventilação mecânica, de corrente sanguínea, tratamos todas as infecções, fizeram embolia pulmonar, diagnosticamos e tratamos a embolia pulmonar e todas as complicações relacionadas ao COVID foram tratadas. As famílias desses dois pacientes foram muito bem instruídas sobre o quadro clinico, sobre as complicações e sobre as pequenas chances de sucesso. Entre idas e vindas a gente conseguiu alguns sucessos, algumas melhoras momentâneas seguidas de piora posterior e por outras complicações e todas elas relacionadas ao COVID e muito bem relatadas na literatura, ou seja, qualquer pessoa entendedora de UTI e do Coronavírus, eu digo entendedora, pessoas técnicas vão ver que essas complicações são muito frequentes, completamente presumidas e que a taxa de sucesso dessas pessoas que cursam com essas complicações é muito baixa, ou seja, a maioria falece mesmo infelizmente, que foi o caso deles dois”.

UTI vai receber pacientes de outras cidades

“Eu me sinto realizando a aliviado por ter dado esse nível de suporte a esses pacientes, em nenhum momento a UTI ela necessitou de um suporte auxiliar, em nenhum momento a UTI faltou recursos como foi proferido ai nos veículos de comunicação, a UTI está muito bem equipada e é uma referência na região para o tratamento de COVID. Tanto é que a própria regulação do estado já está em fase de homologação para que a gente receba pacientes de outros municípios que tem Coronavírus, isso não seria possível se a UTI não estivesse toda equipada e toda funcionando, porque existem critérios para que a UTI seja homologada e validada para o funcionamento”.

Veículos de comunicação e população

“Então eu peço aos meios de comunicação que divulguem esse áudio, eu peço a população para que respeitem os profissionais que estão aqui dentro, respeitem e valorizem o nosso trabalho, nós viemos de outras cidades, muitas das vezes abandonamos nossa vida profissional em capitais para virmos pra cá e desempenhar esse trabalho duradouro para Paulo Afonso. A UTI é um divisor de águas na cidade e pode propiciar que no futuro muito próximo a cidade tenha um suporte e uma qualidade de atendimento à população no que tange a saúde muito melhor do que outrora, mas pra isso a gente precisa da confiança da população e não precisamos de ataques, eu peço a população que entenda que o Coronavírus ele mata mesmo infelizmente”, concluiu o médico.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *