Paulo Afonso-BA, 29/10/2020
logo-275x210

Torcida do Vasco protesta após derrota para o Flamengo em São Januário

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

No último domingo (10), o Flamengo venceu o Vasco por 2 a 1, de virada, dentro de São Januário. A derrota no clássico agravou ainda mais a crise que assolou o cruzmaltino nas últimas semanas e, mais uma vez, gerou protestos por parte da torcida. Após o jogo, cerca de 50 torcedores que estavam em frente ao portão principal do estádio, gritaram palavras de ordem contra o presidente Alexandre Campello e a equipe: “Time sem vergonha”.

Com gritos de “Queremos jogador”, os torcedores também soltaram rojões, mas não enfrentaram a Polícia Militar do Rio de Janeiro, que acompanhava a ‘manifestação’. Vale ressaltar que, na sexta-feira (09), véspera do duelo, o muro de São Januário amanheceu pichado e, entre os alvos, estavam Campello, o volante Fellipe Bastos, o atacante Ribamar, e a torcida organizada Força Jovem, acusada de se vender por churrasco.

Esta foi a terceira derrota seguida do Vasco, que já havia perdido para o Atlético-MG e o Bahia no Brasileirão. Os resultados ruins, inclusive, custaram o cargo do treinador Ramon Menezes, demitido na última rodada. Além disso, a equipe também amargurou uma eliminação precoce na Copa do Brasil ao ser superada pelo Botafogo.

No campeonato nacional, o time de São Januário, que chegou a ser líder na terceira rodada, passou a ocupar a décima colocação na tabela de classificação, com 18 pontos. Até então, são quatro derrotas e um empate entre as cinco últimas rodadas do Vasco no torneio. Já o Flamengo, ocupa a vice-liderança, com 27 pontos – três atrás do líder Atlético Mineiro.

Por GE

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *