Paulo Afonso-BA, 22/06/2021
logo-275x210

“Se o povo acreditasse em jornalista, Bolsonaro não teria sido eleito”, afirma cineasta (veja o vídeo)

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

A sétima arte é, provavelmente, a maior paixão do pernambucano Josias Teófilo, de 33 anos, na esteira de seus outros dons artísticos e profissionais, como a escrita e a fotografia. Uma das provas é seu mais novo filme, ‘Nem tudo se desfaz’.
O longa-metragem, com estreia prevista para o próximo semestre, narra com precisão singular a ascensão de Jair Messias Bolsonaro, desde suas primeiras aparições polêmicas, quando se aventurava pela “vereança” no Rio de Janeiro, passando pelos primeiros passos no parlamento nacional, até os fatos que o levaram ao posto mais alto da nação.

Trata-se de um registro histórico, e não de uma peça de propaganda.

Em entrevista exclusiva ao canal A Verdade, Teófilo revela as motivações que o levaram a fazer mais um filme que já está polemizando e recebendo aplausos ou “pedradas”, antes mesmo do lançamento, a exemplo, aliás, de seu outro longa, ‘O Jardim das Aflições’, sobre o filósofo Olavo de Carvalho.

Teófilo destaca a necessidade de mostrar “a verdade”. Ele conta que foram as verdades ditas por Bolsonaro, desde sempre, que o motivaram. Bem como a verdade dos fatos que presenciou como observador ou em que foi parte atuante.

Veja o vídeo 

Com Informações do Jornal da Cidade Online

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *