Paulo Afonso-BA, 12/08/2022
logo-275x210

Barça perde para o Bayern e se despede da Champions

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

O Barcelona perdeu por 3 a 0 nesta quarta-feira, 8, fora de casa para o Bayern de Munique e foi eliminado da fase de grupos da Liga dos Campeões, a primeira vez desde a temporada 2000-2001.

Muller, Sané e Musiala garantiram a vitória tranquila do gigante da Baviera sobre a equipe comandada pelo técnico Xavi. O Benfica, que também nesta quarta venceu o Dínamo de Kiev por 2 a 0, ficou com o segundo lugar do Grupo E, atrás do Bayern, e avançou às oitavas.

Assim, o Barça, que está apenas em sétimo lugar na LaLiga espanhola, terminou em terceiro no Grupo E da Liga dos Campeões, com sete pontos, atrás do Bayern (18) e do Benfica (8).

O time catalão, como terceiro da chave, precisa agora buscar uma vaga nas oitavas de final da Liga Europa, contra um segundo colocado na fase de grupos dessa que é segunda mais importante competição europeia.

O Barcelona abandona a Champions na fase de grupos pela primeira vez em 20 anos, poucos dias depois de seu jogador emblemático dos últimos tempos, o argentino Lionel Messi, ter conquistado sua sétima Bola de Ouro, após ter se transferido para o Paris Saint-Germain.

Nos primeiros minutos de um jogo disputado sob a neve, o Bayern de Munique dominou desde o início, enquanto o Barcelona levou algum perigo nos contra-ataques e penetrações pela esquerda de Ousmane Dembélé.

O francês se mostrou no primeiro tempo o jogador mais perigoso do Barçaa, que perdeu o lateral Jordi Alba devido a uma lesão quando eram decorridos 30 minutos de jogo.

Claro domínio alemão

O primeiro gol do Bayern foi consequência de um domínio maior em uma partida disputada sem público, seguindo as medidas de combate à covid-19 implementadas pelo governo alemão.

Robert Lewandowski recebeu dentro da área, se livrou da marcação de Gerard Piqué e cruzou da esquerda para Thomas Müller (34). Embora o uruguaio Ronald Araújo tenha conseguido afastar, a bola já havia cruzado a linha do gol.

O segundo gol, de Leroy Sané (43), com um chute de fora da área, que surpreendeu o goleiro alemão do Barcelona, Marc-André Ter Stegen, pareceu ter acabado com as chances do Barcelona, que estava quase eliminado antes do intervalo.

Se o Benfica derrotasse o Dínamo de Kiev, o Barcelona era obrigado a fazer o mesmo para se classificar às oitavas de final. E a equipa portuguesa já vencia no intervalo por 2 a 0, que acabou sendo o resultado final.

Com a vaga nas oitavas cada vez mais difícil, o Barcelona começou o segundo tempo precisando marcar três gols.

Mas o jogo estava resolvido a favor do Bayern e o Barcelona pareceu entregue no segundo tempo. O time alemão chegou perto do terceiro gol, e Sané quase voltou a marcar, no início do segundo tempo, mas o atacante errou perto da linha.

Mas o terceiro gol acabaria vindo, quando um cruzamento do canadense Alphonso Davies da esquerda foi desviado de perto pelo jovem de 18 anos Jamal Musiala (62).

O Bayern pareceu tirar o pé do acelerador na última meia hora, diante de um Barcelona que não assustou na reta final da partida.

A Tarde 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.