Paulo Afonso-BA, 17/01/2022
logo-275x210

Jovem assassinado no primeiro dia do ano em Delmiro Gouveia foi morto por conta de celular

Por Agência de Notícias RBN

Postado por:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on google
Share on twitter

Está esclarecido o assassinato do jovem Elenildo Ferreira de Souza, mais conhecido como “Pompom”, 18, morto a tiros na madrugada do primeiro dia deste ano, na Avenida Deputado José Bandeira de Medeiros, no bairro Chácara São Vicente, em Delmiro Gouveia.

O rapaz foi assassinado por conta de um furto de aparelho de telefone celular pertencente a um dos suspeitos do crime. “Sumiu um telefone de um dos suspeitos e acusaram a vítima de ter roubado. Houve uma discussão e os suspeitos resolveram tirar a vida da vítima”, relatou o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), situada na cidade.

Conforme a investigação, por volta das 3h os dois desafetos de “Pompom” o seguiram até um local onde não havia outras pessoas na rua e o mataram com vários disparos de arma de fogo, grande parte na cabeça.

“Depois de várias diligências e oitivas de testemunhas conseguimos chegar à autoria do crime. Os dois suspeitos têm passagens pela polícia, com isso ficou mais fácil identificá-los. Representamos pela prisão deles e tivemos o pedido deferido pelo judiciário”, disse o delegado Rodrigo Cavalcanti.

Com os mandados de prisão preventiva em mãos, os policiais da 1ª-DRP, coordenados pelo delegado Rodrigo Cavalcanti, realizaram uma ação para prender os suspeitos, mas eles conseguiram escapar do cerco policial.

Conforme o delegado Rodrigo, um dos suspeitos já responde por outro homicídio qualificado e o outro por tráfico de drogas. “Com um mandado de prisão em aberto, os dois agora são considerados foragidos da Justiça. Infelizmente, devido à Lei de Abuso de Autoridade, não posso divulgar os nomes deles”, finalizou Cavalcanti.

Assista vídeo:

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *